queda de cabelos

6 hábitos que podem provocar a queda dos seus cabelos

A queda de cabelos é uma mensagem do corpo de que algo não está bem no seu organismo. E muitas vezes simples mudanças de hábito resolvem o problema!

A queda de cabelos constante é uma mensagem clara do seu corpo de que algo não está bem no seu organismo. Sim, você entendeu certo: o problema não está exatamente nas mechas. Na maioria dos casos, o problema é interno, no funcionamento do seu organismo.

Por isso, não adianta conferir o calendário e cortar as pontinhas de acordo com a lua, correr para a loja de cosméticos mais próxima e comprar o xampu da Gisele Bündchen, nem fazer simpatias da vovó se você ignora atitudes simples do dia a dia.

Existem alguns hábitos que às vezes você faz sem perceber, e que podem comprometer a saúde e a força dos seus cabelos, deixados os fios suscetíveis à queda.

Quer saber quais? Confira seis deles aqui!

6 hábitos que podem provocar a queda dos seus cabelos

Queda de cabelos é normal – até certo ponto!

Todos os dias, pelo menos 100 fios se soltam da cabeça para que novas estruturas cresçam e se somem aos outros 150 mil fiozinhos que continuam firmes e fortes.

É um processo natural de renovação até os 50 anos, quando de fato o volume de cabelo começa a diminuir para todo mundo.

Infelizmente, existem situações genéticas, hormonais ou de doença que podem levar ao problema antes da idade natural. Hoje, quase 2 bilhões de homens e mais de 100 milhões de mulheres sofrem com queda de cabelos.

Acalme-se: não são poucos os casos em que a culpa pela queda de cabelos é de hábitos ruins. Ou seja: é possível reverter esse quadro!

1. Excesso de secador, chapinha e boné!

Calma: você não precisa banir esses itens da sua rotina. Só é bom ter cuidado com eles.

Na prática, nenhum integrante desse trio causa danos ao folículo capilar. O problema está no fato de que podem acabar sufocando ou ressecando os fios, fazendo com que se rompam e surjam, com a frequência desses incidentes, falhas enormes no couro cabeludo.

Quem usa secador, por exemplo, deve fazer isso apostando em temperaturas médias (para evitar queimaduras e oleosidade) e mantendo o aparelho a pelo menos 30 centímetros da cabeça.

Também é preciso ter atenção com a força usada para puxar as madeixas. Excessos podem levar a rompimentos nos fios.

O mesmo vale para as chapinhas, que são ainda mais invasivas e podem tornar as estruturas quebradiças, principalmente na parte frontal da cabeça. Por isso mesmo, evite usá-la com frequência!

Os bonés podem sufocar o couro cabeludo e facilitar o surgimento de fungos. Nessa hora, amigo, sua cabeça pode se transformar em lar de caspas ou de dermatite seborreica.

Por isso, use-o sempre com cabelos secos e tire-o pelo menos uma vez a cada hora para deixar a cabeleira respirar ao longo de cinco minutinhos.

2. Abuso de força no penteado

Pentear os cabelos com muita força, ou fazer penteados que “sufocam” os cabelos são péssimos costumes!

Nesses casos o recado é um só: tencionar o cabelo pode quebrar os fios e, não bastasse isso, inflamar o folículo capilar.

Também vale acrescentar ao alerta uma outra dica: não faça penteados, prenda os cabelos ou os coloque sob bonés e chapéus enquanto estiverem molhados.

Depois da lavagem seus fios precisam de descanso. Afinal, ficam um pouco mais sensíveis nesse processo de limpeza, abertura e fechamento de escamas. Se não quer quebra-los, liberte-os!

3. Banhos muito quentes

Ok, sabemos que, principalmente nos dias frios, resistir àquela chuveirada quentinha antes de dormir soa até como castigo.

Mas é bom ter atenção aos excessos. A água quente pode ressecar os fios enquanto manda para longe o sebo protetor do couro cabeludo.

Sem ele seu cabelo se quebra com a mais leve tentativa de penteá-lo ou mesmo com o toque ao ajeitá-lo.

4. Exageros nos produtos químicos

Escova progressiva, alisadores, tintura… Se você aplica qualquer um desses produtos com grande frequência e passa longe de hidratações ou outros cuidados, temos uma má notícia: seu couro cabeludo está muito propenso à desenvolver problemas de pele – que, obviamente, podem derrubar seus fios.

Tratamentos químicos efetuam grandes transformações nos cabelos e os deixam mais bonitos, do jeitinho que você quer… mas isso só acontece porque esses produtos são muito agressivos!

Além disso, é uma análise apenas do curto prazo – esses produtos são ótimos na hora. Depois, no médio e longo prazo, vem a conta: frios frágeis, quebradiços, irritações e descamação do couro cabeludo… queda de cabelos.

Não abuse do uso de produtos e, se quiser muito usar alguma coisa nos fios, faça com supervisão de um especialista!

5. Má alimentação

Cuidado com o que você come — ou deixa de comer.

É sempre bom frisar que o combo de gorduras, açúcares, cafeína e álcool se transforma em uma bomba de radicais livres dentro de você, detonando o organismo inteiro e, claro, tornando os fios de cabelo quebradiços.

Mas atenção: dietas excessivamente rigorosas, que podem até fazer você perder peso, não são a solução. Pelo contrário: junto com os números na balança seus fios de cabelo também podem diminuir.

Acontece que a estrutura capilar — como qualquer outra parte do corpo — precisa de vitaminas, proteínas e minerais para se sustentar.

Principalmente o ferro, responsável por levar oxigênio ao bulbo capilar.

Portanto, quando seu cardápio sofre cortes grandes e o corpo passa a contar com menos nutrientes, suas madeixas vão sentir o baque.

6. Ignorar o ritual de lavagem dos cabelos

Aquela velha ideia do “lavou, tá novo” não funciona para os cabelos.

Para eles o processo é bem diferente: lavou, usou o shampoo certo, massageou com o condicionador ideal, usou um óleo para hidratação… Aí sim, fios novinhos em folha e fortificados.

Então você se pergunta: “Preciso mesmo de mais de um produto?”. Precisa. Tenha em mente sempre que o shampoo é um detergente com ativos voltados à limpeza das madeixas.

Alguns tipos contam com propriedades hidratantes sim, mas nada que se compare ao condicionador, responsável por fechar as escamas dos fios e deixá-los macios.

E mais: a gente sabe que escolher esses itens não é fácil com tantas opções e rótulos para verificar. Mas é preciso.

Aliás, todo esse processo começa com a identificação apurada do seu tipo de cabelo considerando, também, se há aplicação de tintura ou outros produtos químicos nele.

Lembre-se de que produtos para cabelos secos investem em componentes incentivadores da produção de sebo; enquanto os destinados a cabelos oleosos, por exemplo, tendem a reduzi-la.

Por fim: compreendemos que a inflação chegou aos cosméticos e cortes em alguns gastos são bem-vindos. Mas não chegue aos extremos de trocar o bom e velho shampoo por sabonetes comuns.

Esses produtos têm características detergentes muito acima daquela suportada pelos cabelos e acabam deixando a cutícula dos fios aberta demais.

Resultado: fios armados, cheios de frizz, fáceis de embaraçar, ter pontas duplas e, claro, absolutamente frágeis e quebradiços.

E aí, pronta para vencer a batalha contra a queda de cabelos?

 

One comment on “6 hábitos que podem provocar a queda dos seus cabelos

  • Boa noite. Vcs são D+. Amei os esclarecimentos sobre a queda de cabelos. Agora pergunto: diabetes influência na queda de cabelos? Já agradeço pela atenção .

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>