Como ficar com a pele sem manchas durante o calor

Como ficar com a pele sem manchas durante o calor?

A chegada do sol é uma verdadeira alegria para grande parte dos brasileiros. Seja no inverno ou no verão, basta a chegada dele para que a maioria das pessoas comece a se programar para os dias de praia ou de piscina, atividades ao ar livre e para garantir aquele bronze, não é mesmo?

A chegada do sol é uma verdadeira alegria para grande parte dos brasileiros. Seja no inverno ou no verão, basta a chegada dele para que a maioria das pessoas comece a se programar para os dias de praia ou de piscina, atividades ao ar livre e para garantir aquele bronze, não é mesmo?

Mas o que poucas pessoas ainda se preocupam é com a pele e como ela reage a toda essa exposição.

Para que a pele fique sem manchas e seja preservada nesse período, é muito importante tomar certos cuidados e ter precauções que fazem toda a diferença.

Não se esqueça de que a radiação solar incide com ainda mais intensidade durante o verão, trazendo danos como insolação, queimaduras e até o câncer de pele, por exemplo.

Se você quiser descobrir algumas dicas de como se preservar, continue lendo nosso artigo!

Por que a pele mancha?

Os efeitos nocivos das radiações solares são cumulativos. Portanto, não significa que porque sua pele é boa hoje, mesmo você tomando sol sem protetor solar, que ela permanecerá assim para sempre.

Os tipos de mancha dependem muito do fototipo da sua pele, o tempo de exposição e qual o horário, por exemplo.

As peles mais escuras têm mais dificuldade de manchar na exposição do sol, mas podem desenvolver o melasma, que são as tradicionais manchas mais escuras que aparecem e atingem principalmente o rosto.

Outras partes do corpo mais expostas à radiação também são mais impactadas, como as mãos e os braços, colo e ombros.

Já as peles mais claras têm uma tendência a responder com as sardas. Depois de uma exposição prolongada e repetitiva, elas alteram os melanócitos.

Essas são lesões benignas, que não evoluem para o temeroso câncer de pele, mas são uma exposição clara da fotoexposição. A melhor saída ainda é se cuidar e se preservar!

Os dois casos (nas peles escuras e claras) começam de maneira bem devagar e são quase imperceptíveis, mas, logo em seguida, já podem começar a crescer e até conquistar um espaço bastante significativo.

Tudo isso por causa dos raios solares que atingiram a pele e vão aparecendo com o passar do tempo — eles são cumulativos, como falamos.

Existe tratamento com um dermatologista especializado para algumas, mas vale a pena tomar cuidado e ficar de olho, pois muitas dessas manchas podem ser irreversíveis. E, no final das contas, você não tem que passar por isso tudo, não é?

Mecanismos de preservação

Pensando em maneiras de proteger a sua pele para que você não tenha que sofrer com essas manchas, existem diversas medidas que você pode adotar. São maneiras bem simples de te resguardar e evitar o desgaste que esse descuido pode trazer.

Usar e repor o protetor solar

O protetor solar ainda é um dos principais aliados para quem quer cuidar da pele. O filtro deve ser aplicado todos os dias e não apenas em situações de lazer ou quando você vai gastar muito tempo em espaços abertos.

As opções com FPS (Fator de Proteção Solar) 15 ou 20 podem ser usadas na correria do dia a dia, quando o tempo de exposição não é tão considerável. Já os com FPS 30 ou maior para um período de exposição maior, como quando vai passar o dia na piscina e/ou praia.

Além disso, é muito importante se atentar quanto à proteção do filtro solar que você vai comprar. Ele deve proteger contra os raios UVA e UVB, os raios ultravioletas que, ao entrar em contato com a pele, podem danificá-la.

Nesse caso, você deve reparar o PPD e o FPS das opções. É muito importante aplicar o produto 30 minutos antes da exposição mais frequente ao sol para que a pele tenha tempo suficiente de absorção e a proteção seja mais eficiente.

O ponto que muitas pessoas acabam se esquecendo é de repor o protetor a cada duas horas. É claro que esse tempo não é uma regra.

Se você estiver transpirando muito, por exemplo, pode repor em um espaço ainda mais curto. Outro caso é quando entrar na água, já que o produto sai em grande parte. Além disso, não se esqueça de nenhum detalhe do seu corpo, como as mãos, orelhas e pés.

Você não vai querer sentir o desconforto de uma insolação para começar a se lembrar de cada uma delas, não é?

Não se esqueça de dar um cuidado maior para as cicatrizes. Nesse caso você pode caprichar no filtro solar ou proteger com gases ou esparadrapos.

No caso das crianças, você pode começar a passar o protetor solar nelas a partir de 6 meses, mas é importante usar um específico para o tipo de pele infantil, que é muito mais sensível. Nesse momento, não hesite em pedir ajuda a um dermatologista ou pediatra.

Usar chapéus e roupas de algodão

Uma dica muito simples e que pode esbanjar estilo (principalmente para as mulheres) é o uso de chapéus!

Claro que você também pode explorar os bonés e lenços, mas o importante é proteger e fazer com que a radiação solar não incida diretamente sobre o rosto.

As roupas de algodão podem ser outra grande ajuda, principalmente se você vai ficar grandes períodos em atividades ao ar livre. Elas são responsáveis por reter mais ou menos 90% das radiações UV, uma parcela bastante significativa!

Enquanto isso, tecidos com um perfil mais sintético, como o nylon, por exemplo, retêm apenas 30%. Portanto, usar o tecido certo pode ser de grande ajuda!

Procure por ambientes com sombra

Procurar espaços públicos que tenham sombra ou uma barraca na praia ou no clube também pode ser uma ótima opção.

Depois de ficar exposto por um período maior, você consegue dar alguns minutos de descanso para a pele enquanto renova o filtro solar.

Essa pode ser uma medida muito importante para qualquer pessoa, mas tem uma proporção ainda maior caso tenha crianças no grupo.

Quando for escolher a barraca, procure também as que são feitas de algodão ou lona, que também absorvem uma porção maior da radiação — assim como as roupas.

Hidratação e alimentação

Quando estiver no verão, tenha sempre em mente que as temperaturas mais altas exigem muito cuidado com a hidratação! Mas não se descuide no inverno também.

Não se esqueça de carregar com você sempre uma garrafinha de água e se esforce para aumentar a ingestão de líquidos sempre que lembrar.

Se estiver na praia, uma água de coco geladinha pode ser uma ótima pedida. Além de ser muito gostosa, tem um poder hidratante incrível!

Estando com o nível de água bom no seu corpo, é possível que a sua pele sinta com menos rigor os efeitos da insolação, ficando menos ressecada.

Outra boa pedida são as frutas e os legumes que têm uma porcentagem alta de água e fibras, aliados a uma porcentagem baixa de carboidratos. Essa combinação pode ajudar na hidratação e, de quebra, prevenir doenças.

Além da hidratação líquida, você pode fazer uso de alimentos que podem ser grandes aliados na prevenção aos danos do sol, como a cenoura, o mamão e a beterraba, por exemplo.

Eles são ricos na sua porção de carotenoides, uma substância que se deposita na pele e retém as radiações ultravioletas.

Esses alimentos são responsáveis por garantir um bronze mais saudável, com uma cor ainda mais bonita!

Sabonetes específicos

No banho, não se esqueça de usar sabonetes compatíveis com o seu tipo de pele. Usar um sabonete que resseca a sua pele não ajuda em nada, não é mesmo?

Portanto, tenha cuidado com esse detalhe. Um creme depois do banho também pode ajudar a preservar a pele e evitar a vermelhidão.

A temperatura para a água durante o banho também não deve ser quente. Tente optar pela água morna ou fria para evitar o ressecamento da pele.

Além disso, se for tomar mais de um banho por dia, não use o sabonete em todas as ocasiões. Tudo isso porque ele retira a camada de gordura que fica sobre a pele e que tem um papel protetor.

Evitar sol das 10h às 16h

O verão conta com um período mais quente durante o dia, que vai das 10h às 16h, período em que existe um risco maior para sua saúde.

O ideal é evitar a exposição solar nesse período, mas como muitas vezes não é possível (como quando você está fazendo uma viagem), é bom ter cuidado redobrado!

Tente ficar mais embaixo do guarda-sol nesse período, além de renovar o filtro solar constantemente. Essa é uma maneira eficiente de preservar a sua pele da insolação e das queimaduras.

Não depile em um dia que pretende pegar sol

É importante tomar muito cuidado com isso. Depilação e sol não combinam! Esse é um hábito que pode gerar manchas escuras na pele, justamente porque os seus poros foram abertos para a retirada dos pelos.

Nesse caso, a depilação deve ser feita pelo menos 48 horas antes da exposição solar.

Não se esqueça da esfoliação

Esfoliar a pele pode ser uma boa medida para preservá-la. Tudo isso porque o procedimento tem como objetivo eliminar as células mortas, renovando as impurezas que entopem os poros e causam aquela sensação que não é nada agradável.

Com a esfoliação, os cremes de tratamento chegam com mais facilidade às camadas mais internas da pele e são muito mais eficientes na tarefa de cuidar da sua beleza.

Se você sofre com uma tendência maior para ter cravos e espinhas, a esfoliação pode ter uma ajuda fundamental, retirando as gorduras que ficam sobre a pele.

Como essa secreção oleosa é o grande combustível para que a acne apareça e se desenvolva, fazendo uma esfoliação você consegue evitar esse quadro incômodo.

As peles mais oleosas podem ser esfoliadas diariamente, desde que o esfoliante seja mais leve e não traga nenhum dano para a sua pele.

Já as mais secas e sensíveis podem adotar o procedimento com um espaço de tempo maior, algo entre 10 e 15 dias para repetir a dose. E o melhor: esse é um hábito de limpeza que você pode manter no inverno também!

Tenha cuidado com a pele durante o dia e a noite

Não é porque a radiação solar acontece durante o dia que os cuidados com a pele são restritos a esse período, concorda?

Durante o dia, você pode adotar alguma (ou várias) das dicas que compartilhamos com você. Já no período noturno, vale explorar ativos anti-idade que ajudam muito na preservação da pele. Um bom exemplo são os ácidos retinoicos.

Lembre-se de que não vale a pena passar qualquer coisa na pele antes de dormir. O protetor solar, por exemplo, pode ser uma péssima pedida para o período da noite.

Eles podem entupir os poros e trazer uma irritação a sua pele, portanto, fique ligado e procure sempre a melhor opção!

Outros perigos

Sem as devidas precauções, a exposição solar e o calor intenso podem gerar mais dor de cabeça do que você imagina. Conheça alguns dos casos mais comuns abaixo:

Acne solar

Se você tem uma pele oleosa e ainda usa um protetor solar com muito óleo em sua composição, tem uma combinação quase perfeita para desenvolver a acne solar.

Nesse caso, lave o rosto com um sabonete especializado e procure filtros solares com base aquosa e gel, que podem ajudar a diminuir a oleosidade.

Micoses

As micoses podem atingir qualquer grupo de pessoas, independentemente da idade, e se manifestam normalmente na pele, no couro cabeludo e nas unhas. Os lugares ainda mais comuns ainda são os pés, a virilha e as unhas.

Mas, afinal de contas, o que é? A micose é uma infecção causada por um fungo que se alimenta da queratina — alimento abundante nesses locais.

Quando encontram uma condição como essa, uma combinação de calor, umidade e baixa imunidade, podem se reproduzir e dar o aspecto comum da doença.

Como você pode perceber, a pele é uma parte muito sensível do seu corpo e merece um cuidado especial sempre, principalmente durante o verão.

Tomando os cuidados e as precauções devidas, é possível ter uma cútis linda e vibrante em todos os períodos do ano! E, claro: deixando a pele sem manchas!

Se você gostou do nosso conteúdo e quer receber mais informações e dicas, não se esqueça de assinar a nossa newsletter!

 

3 comments on “Como ficar com a pele sem manchas durante o calor?

  • Estou com o rosto muito cheio de manchas pretas e cravos pontos pretos,tenho a pele parda e fica bem visível o que posso passar ou fazer em casa para clarear,base uso todos os dias.

    Reply
  • cicera says:

    sou morena, estou com a pele manchada após um peeling diamante,queimou a pele e olheiras apareceram,esse creme oxinova, ajuda a clarear ou só age no pé de galinha e rugas????

    Reply
  • Valdecila Novaes Silva says:

    Muito bom saber que posso contar com voces,tenho eu grande problema em minha pele do rosto, manhas morrons nas latrais do meu rosto ,estou fazendo tratamento com dermatologista a dois anos mais ou menos e nada dessas manchas desaparecerem ,e minha testa é o lugar que mais se encontra com rugas,é por isso que estou aqui vendo o produto de voces .

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>