pressao arterial

9 formas de manter a pressão arterial sob controle

Quando a pressão arterial sobe, a saúde é colocada em risco. As consequências podem ser graves. Veja como evitar e controlar o problema!

Pressão arterial é a pressão exercida pelo sangue contra a parede das artérias.

Quando a pressão arterial sobe – causando a chamada hipertensão, ou simplesmente “pressão alta” – a saúde é colocada em risco. As consequências podem ser graves, inclusive levando à morte.

Por isso, é fundamental saber evitar e controlar este problema.

Geralmente, a hipertensão está associada a maus hábitos alimentares, à obesidade e ao sedentarismo. Por isso, é possível vencê-la com dicas simples.

Ao mesmo tempo, por poder se tornar um problema de saúde sério, o acompanhamento médico é essencial, pois casos graves devem ser tratados com medicamentos.

Saiba mais sobre a pressão arterial e veja como evitar ou minimizar este problema!

9 formas de manter a pressão arterial sob controle

Tipos de pressão arterial

Pressão arterial sistólica

Para o sangue circular por todo o corpo, o coração, ao bater, impulsiona o sangue para circular pelas artérias, causando uma força que gera pressão nelas, conhecida como pressão arterial sistólica.

O valor normal dessa pressão é de 120 mmHg (milímetro de mercúrio), e acima de 140 já é considerada pressão alta.

Pressão arterial diastólica

Entre uma batida e outra, o coração também tem um intervalo de repouso, que gera a pressão arterial diastólica. Para essa, o valor normal é de 80 mmHg, e acima de 90 está alta.

Por isso, normalmente os médicos dizem que a pressão arterial normal é 12 (de 120) por 8 (de 80), ou seja, a combinação das pressões sistólica e diastólica.

Estágios da pressão alta

A hipertensão é classificada em três estágios, de acordo com a sua intensidade:

  • Estágio 1: entre 140 por 90 e 160 por 100;
  • Estágio 2: entre 160 por 100 e 180 por 110;
  • Estágio 3: acima de 180 por 110.

Fatores de risco

A maioria das pessoas que têm pressão alta herdaram a doença dos pais, mas existem vários fatores de risco que podem ter influência sobre o aumento da pressão arterial.

Fumar, ingerir bebidas alcoólicas, se alimentar de forma inadequada e não se exercitar são hábitos que levam ao sobrepeso, ao estresse e ao aumento do nível de colesterol, e todos esses fatores podem elevar a pressão.

Além disso, não dormir bem e consumir muito sal também interferem na pressão.

Sintomas

Os sintomas mais comuns da pressão alta são dores no peito e na cabeça, sensação de fraqueza, tonturas, e aparecem quando a pressão está elevada, em uma crise, por exemplo.

Porém, muitas vezes a pressão sobe sem causar nenhum sintoma. Por isso, é fundamental fazer acompanhamento médico para saber como está a pressão, principalmente no caso de quem já sabe que é hipertenso.

A forma mais comum de aferir a pressão é nos consultórios médicos ou em farmácias, com aparelhos manuais ou eletrônicos. Estes últimos podem ser facilmente comprados para ter em casa e monitorar a própria pressão.

A hipertensão não tem cura, mas existem várias formas de mantê-la controlada.

Em primeiro lugar, é preciso adotar um estilo de vida saudável, com uma alimentação balanceada, praticando exercícios físicos regularmente e evitando o consumo de álcool e cigarros.

Também é importante reduzir a ingestão de sal e fazer acompanhamento médico.

É muito importante prestar atenção na alimentação! Existem vários alimentos amigos de quem sofre com a pressão alta, e também aqueles que devem ser evitados ao máximo.

Há também opções de remédios para controlar a pressão, que serão indicados pelo médico de acordo com a situação de cada paciente.

O que comer para baixar a pressão arterial

Frutas, verduras e legumes são excelentes opções de alimentos para qualquer pessoa.

Além disso, a ingestão de água é essencial para manter o organismo limpo e hidratado. E há, ainda, alimentos que são parceiros dos hipertensos, pois colaboram para baixar a pressão arterial.

Confira!

Aveia

A aveia é um excelente alimento, rico em fibras e nutrientes, que auxilia na perda de peso.

Por suas propriedades, ela consegue auxiliar o controle da glicose. Além disso, a aveia contém magnésio, e uma ingestão adequada desse mineral é essencial para manter as artérias relaxadas, à pressão arterial baixa e os batimentos cardíacos regulares

Oleaginosas

As oleaginosas, como amêndoas, nozes e castanhas, são ricas em magnésio e têm a capacidade de dilatar os vasos sanguíneos, o que é muito bom para o controle da pressão.

Ômega 3

Atum, sardinha, salmão e azeite são alguns exemplos de alimentos ricos em ômega 3, que colabora muito para uma boa circulação sanguínea.

Ervas naturais

Em vez de abusar do sal, a recomendação é usar temperos como salsinha, cebolinha, manjericão, orégano, alecrim e os que mais você gostar. O sal retém líquidos no organismo, o que colabora para o aumento da pressão arterial.

Leite e derivados

O cálcio é essencial para a saúde, mas tem um poder especial para quem é hipertenso, pois ele atua diretamente sobre a pressão sanguínea. Ele faz com que a pressão arterial diminua, já que auxilia na eliminação de sódio do organismo.

O que não comer

Os alimentos que devem ser evitados por quem é hipertenso têm em comum o alto nível de sódio, que é um dos grandes males da pressão alta. Alguns deles são:

  • Sopas instantâneas
  • Queijo parmesão
  • Sardinha enlatada
  • Macarrão instantâneo
  • Alimentos congelados
  • Molhos como Shoyu (de soja), maionese, ketchup
  • Embutidos, como salaminho, linguiça e salsicha
  • Presunto e mortadela
  • Alimentos em conserva, como palmito, picles, azeitona
  • Carnes artificialmente salgadas, como bacalhau e carne seca

Formas de baixar a pressão arterial

Além da escolha certa de alimentos, vários hábitos devem ser adquiridos por quem quer cuidar da pressão e baixá-la, como:

  • Não fumar
  • Não ingerir bebidas alcoólicas em excesso
  • Ter uma alimentação equilibrada
  • Reduzir o sal na alimentação
  • Evitar alimentos com alto teor de sódio
  • Dar preferência a alimentos que ajudam na circulação sanguínea
  • Preferir alimentos in natura
  • Praticar atividades físicas regularmente
  • Dormir bem
  • Evitar o estresse

Pessoas hipertensas têm uma grande propensão a desenvolver doenças mais graves em algum momento da vida, como o AVC (acidente vascular cerebral), a insuficiência cardíaca, o infarto, a arritmia cardíaca, a insuficiência renal, o aneurisma, a perda da visão e a arteriosclerose, por exemplo.

Por isso, cuidar da pressão arterial é fundamental para ter uma vida de qualidade.

 

 

2 comments on “9 formas de manter a pressão arterial sob controle

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>